terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Drenagem- Linfática.


Conheça mais:



Drenagem Linfática é um método altamente especializado de pressões suaves, lentas e relaxantes, no trajeto do sistema linfático. Aumenta a diurese e a eliminação de toxinas, desenvolvendo o equilíbrio do organismo.
A drenagem linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida, movimentando a linfa até os gânglios linfáticos. 
Essa técnica foi desenvolvida em 1932 pelo terapeuta dinamarquês Emil Vodder, foi aprimorada tornando-se popular, por  Leduc (Bruxelas). A principal função da drenagem linfática é retirar os líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos. Ao serem retiradas do local armazenado, tais substâncias são encaminhadas para o sangue através da circulação. Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunitário, é relaxante e tranquilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação anti-inflamatória do organismo. A drenagem linfática é realizada em dois processos, a evacuação, que consiste em desobstruir os gânglios e as demais vias linfáticas, e a captação, que consiste em realizar de fato a drenagem. De forma manual a drenagem é feita a partir de círculos com as mãos e com o polegar, movimentos combinados e pressão em bracelete.
Os demais efeitos da Drenagem Linfática Manual é muito utilizada no PRÉ: Tratamento de celulite (grau I ou IV), e alguns tratamentos de estética  onde a intenção é a redução de medidas e celulite, no facial, pra tratamentos de acne e rejuvenescimento, e no PÓS CIRÚRGICO (Cirurgia plástica estética) no tecidos lesados com presença de dor. Ajuda na melhora da pele, onde pode ser evitada uma fibrose. Quanto antes fazer uma drenagem- linfática pós cirúrgica, melhor pois a pele responde mas rápido na recuperação do tecido lesado. A intenção é quanto antes melhor em pós operatório. 

Indicação:

Pré e Pós cirúrgico (cirurgia plástica estética), redução de edemas linfáticos, retenção de líquidos, gordura localizada, lipodistrofia ginóide (celulite), tratamento pra acne finaliza com a drenagem linfática, olheiras, tratamento de rejuvenescimento, grávidas. No pós cirúrgico: Requer autorização médica.

Contra indicação:

Em alguns casos uma drenagem linfática, manual é absolutamente contra-indicada:
Câncer (suspeita ou em tratamento); febre; processos infecciosos; Asma; hipertireodismo, insuficiência cardíaca. A contra indicação pode também ser verificar no caso de outras patologias. Por isso, quando uma suspeita de qualquer alteração, o correto é ter uma autorização médica e só iniciar uma técnica após uma autorização.

DOSAGEM DA TÉCNICA.


Diversos fatores determinam uma dosagem da DRENAGEM - LINFÁTICA (manual).
Os principais resultados são visados, dia a dia.

No pós operatório (Cirurgia Plástica estética), o inicio e números de sessões, por semana normalmente, ficam a critério do médico. A técnica é utilizada para ajudar o mais precoce possível, a melhora da pele, na penetração do liquido excedente nos capilares sanguíneos e linfáticos na região da lesão. O ideal da primeira sessão (pós cirúrgica) e o mais breve possível após, somente nas áreas próximas á incisão e no corpo todo, para uma boa aplicação da técnica é restrita sobre orientação médica no pós operatório (Cirurgia Plástica estética).


Em grávidas sobe orientação médica também, devido ao fato de cada mamãe ter um organismo diferente a gestação. E é recomendado sempre após o terceiro mês de gestação com autorização medica pôs pode ocorrer risco de aborto.
Na lipodistrofia ginóide (celulite) e na gordura localizada, o ideal é que seja feita a técnica 3 x por semana ou conforme desejar e sempre intercalando os dias para o melhor resultado da técnica com isso o corpo corresponde melhor e seu sistema linfático também.



Como MANOBRAS

DRENAGEM LINFÁTICA: Uma técnica de massagem suave, leve e firme sem doer e muito menos deixar lesão (deixar você roxa). Com dois Princípios básicos: A evacuação (remoção) e a captação (absorção). 
Evacuação e Remoção (pressão nas regiões ganglionares) tem como objetivo auxiliar na remoção da linfa e linfáticos coletores e destruir os pontos proximais ou seja uma área de entrada para os linfonodos, criando assim uma possibilidade de uma aspiração da linfa.


Qualquer tentativa de Melhorar a circulação por partes será ineficaz. Tem que fazer por completo. É como tentar esvaziar uma garrafa sem tampa.
Captação (absorção) (círculos e fixo alternados a pele) tem como objetivo na absorção do liquido intersticial excedente para dentro dos capilares linfático terminais e o Aumento do fluxo em direção aos linfonodos regionais e finalmente em direção ao canal torácico e ao duto linfático direto.

Portanto uma drenagem linfática (manual) deve ser iniciada sempre pelas manobras que facilitem uma evacuação e só então para as manobras de capitação, realizadas ao longo das vias linfáticas e nas regiões de edemas. 
Sempre seguindo uma regra proximal: proximo do gânglio, medial: mediano (meio) próximo do gânglio, distal: distante do gânglio.
Funciona como um engarrafamento de trânsito! como sair dele? não acontece esvaziar no final do engarrafamento e sim na frente no começo da causa do problema, para que todos venham passar. E desengarrafar a via (o trânsito).




É uma base para você cliente. Não ser lesada como cliente ao ser atendida, com a técnica utilizada e um pouco das manobras, e não se enganar!
Qualidade profissional, da área de estética. existe!
Mas tem gente esquecendo isso ou talvez não tenha se qualificado direito pra tal responsabilidade.
Drenagem linfática manual não doe e muito menos deixa você roxa, fuja dessa situação!

A única situação em que pode deixar roxo (lesão) o local é uma Cirurgia Plástica. 
E essa massagem é superficial, não é invasivo.

Pesquise! Pergunte! Se houver alguma duvida procure seu médico.
Procure indicações de quem já fez e siga como experiência um bom profissional.

Nem sempre o que parece é. O GLAMOUR de incrementar uma drenagem-linfática, não existe ela é unica e sempre será um método reconhecido pela técnica Introduzida pelo Dr. Emil Vodder (o pai da drenagem- linfática) e o mas recentemente ministrante da técnica surgindo um novo Método Leduc. Pois Albert Leduc foi aluno em 1969 do Dr. Emil vodder .  


Fique de olho!!!  

Tabela 2012. Sobe avaliação física.
Valores sob pré avaliação física.

Pós cirúrgico com autorização médica.



Pagamento a vista ganha + 2 sessões do pacote.




Um super abraço da Cadrena em especial de Camila Cadrena.



Nenhum comentário:

Redução de medidas..

celulite!

celulite!
Amenizadas e você realizada.

20 Sessões * REDUÇÃO DE MEDIDAS. *

Redução de medidas 2

Drenagem linfática.

Drenagem linfática.
Resultado pós-cirurgico.

Drenagem linfática.

Drenagem linfática.
Resultado pós- cirúrgico.

Drenagem linfática.

Drenagem linfática.
Resultado pós-cirúrgico.